R$65,00

Sucesso! Você tem frete grátis
Adicione este produto e tenha frete grátis!
Frete grátis a partir de R$250,00
Entregas para o CEP: Alterar CEP
Adicione este produto e tenha frete grátis! Frete grátis a partir de R$250,00
Descrição

Programados para aprender conta com prefácio de Mario Sergio Cortella e é o primeiro livro de Moacir Gadotti na Global. A obra inaugura o selo Global Educação - selo editorial voltado para a área de Educação e Ensino - e também a Série Moacir Gadotti. A série trará textos inéditos sobre as questões educacionais contemporâneas e também o melhor de sua produção já publicada. Livros com ideias e propostas fundamentais para a compreensão da educação como um processo de transformação social e para a formação de professores críticos e reflexivos.

Neste livro, Moacir Gadotti parte da afirmação: "Somos programados, mas para aprender", do bioquímico e geneticista francês François Jacob. Esta frase é inúmeras vezes referenciada na obra de Paulo Freire, na busca por pensar sobre os fundamentos de uma educação voltada para um ser humano inacabado; programado, sim, mas não determinado.

Gadotti é um dos principais educadores brasileiros da atualidade, com uma vasta bibliografia sobre temas como Educação Popular, formação de professores, cidadania e democracia na escola. Suas obras são referência para estudantes, educadores e pesquisadores nacionais e internacionais.

Ficha Técnica

Editora: GLOBAL
Edição: 1ª edição
Formato: 16 x 23 cm
272 páginas
4 X 1 Cores
Peso: 410 gramas
ISBN: 9786556124490
Código de Barras: 9786556124490

Sobre o autor:

Moacir Gadotti é doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Genebra, professor aposentado da Universidade de São Paulo e presidente de honra do Instituto Paulo Freire. Foi Chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo na gestão de Paulo Freire. Com livros publicados em diversas línguas, é reconhecido por desenvolver uma filosofia educacional com foco na formação crítica, referenciada na educação popular, cidadã, emancipadora, pautada em direitos humanos, numa perspectiva dialética integradora orientada pelo paradigma da sustentabilidade.